Se você é fã de distopias, provavelmente você vai se sentir atraído pela temática e pelo trailer desse filme. Mas, se você realmente é fã de distopias você não deve assisti-lo.

A trama conta a história de Abigail (Tinatin Dalakishvili), a filha de um engenheiro que vive na “Fronteira”, um lugar onde existe um governo ditatorial que persegue e identifica pessoas que possuem um “vírus mortal” que é extremamente contagioso. Logo no início do filme, o pai de Abigail é levado pelo governo e identificado como infectado pelo vírus, mas, ao decorrer da história, Abigail percebe que não existe nenhum vírus.

image002 (1)
Poster promocional de ”Abigail e a Cidade Proibida”. Reprodução: PlayArte 

Com uma junção de vários filmes que já conhecemos nesse estilo, a personagem feminina descobre que existem pessoas vivendo fora da fronteira, com poderes especiais que estão sendo perseguidos pelo governo.

Com um roteiro extremamente confuso e fazendo alusão a alguns filmes envolvendo personagens bruxos famosos e personagens femininas lutando contra um “inimigo maior”, que é o governo a narrativa se torna pouco empolgante, com uma dublagem que não parece encaixar com as emoções reais dos personagens. 

A protagonista da trama não conquista a atenção dos telespectadores em nenhum momento do filme. Também temos que falar de “Bale“, sim, um esteriótipo que faz lembrar bem outros personagens dessa mesma temática cinematográfica e que reproduz o mesmo comportamento do personagem original: querer destruir o regime ditatorial a qualquer custo. O filme também não deixa claro que tipo de seres eles são classificados no mundo da ficção: se são bruxos, feiticeiros ou qualquer outro tipo de representação mitológica existente na história do cinema ou da literatura.

A trilha sonora e os efeitos especiais que não são de boa qualidade, também parecem não combinar com o roteiro. O filme se classifica mais para um passa-tempo da tarde, pra relaxar a mente e não pensar muito no que a trama pode leva.

O filme é dirigido por Aleksandr Boguslavskiy, distribuído pela PlayArte e chega aos cinemas no dia 12 de setembro. Confira o trailer abaixo:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s