Um dos jogos mais famosos da Sega ganhou uma adaptação para as telonas do cinema. Sonic – O Filme traz uma abordagem um pouco diferente da história original, mas com as mesmas características e poderes de Robotnik (Jim Carrey) que já podemos afirmar que é uma das melhores coisas de toda a trama.

Antes de tudo temos que dizer que se você quer assistir o filme, você precisa se desprender da narrativa do jogo. Nessa adaptação, Sonic foge de sua ilha natal para o mundo dos humanos (onde ninguém sabe de sua existência), usando suas moedas como um portal tridimensional. O Ouriço observa o comportamento dos humanos e em especial o policial  Tom Wachowski (James Marsden).

Confira a Cena exclusiva de Sonic – O Filme

James Marsden e Sonic (Ben Schwartz) – Paramount Pictures/Sega

Sonic então tenta reproduzir os mesmos comportamentos dos humanos, mas a sua super velocidade acaba gerando um curto-circuito na rede elétrica de Greenvile (cidade onde se passa a trama). O ocorrido acaba chamando atenção do governo americano que decide chamar o Dr. Robotnik e sua vasta tecnologia para investigar o caso.

Jim Carrey como Dr. Robotnik – Reprodução: Paramount Pictures/Sega

De início, a historia não atrai muito o espectador. A apresentação da narrativa de Sonic se torna cansativa, mas o filme anima quando Jim Carrey aparece na trama. Sua atuação é inquestionável – é impossível não ver o poderoso vilão do mundo dos videogames em todas as cenas protagonizadas por ele. A personalidade de Robotnik se torna o grande alivio cômico do filme, que funciona muito bem e torna o filme ainda mais leve e divertido.

Sonic pede ajuda para recuperar o seus aneia que acabaram caindo um portal para São Francisco, fugindo do vilão. Algumas cenas entre Sonic e Tom variam entre morno e divertido (o que o corte de edição consegue concluir. Quando as cenas começam a ficar cansativas, elas voltam para algo divertido).

Vale lembrar que a narrativa tinha sido criticada pelos efeitos especiais em sua primeira concepção do personagem. Devemos comentar que todos os efeitos foram melhorados e se tornam bonitos e atrativos aos olhos (nada tão esplendido, mas ainda sim, melhor do que antes).

Primeira versão criticada pelos fãs e a versão oficial do filme – Reprodução: Paramount Pictures/Sega

A surpresa está mesmo nas cenas pós créditos do filme. Para aqueles que esperavam ver mais referencias do jogo, essa parte não irá decepcionar e deixar um gostinho para uma possível segunda parte da narrativa.

No geral, Sonic – O filme é uma boa diversão para se conectar com a infância e apresentar o personagem a crianças e adolescentes que não tiveram a experiencia de jogar o game. O filme estreia no dia 13 de Fevereiro.

NOTA: 7,0

confira o trailer:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s