Em Mortal Kombat, o lutador de MMA Cole Young, acostumado a apanhar por dinheiro, não faz ideia da herança que carrega – ou por que o Imperador da Exoterra, Shang Tsung, enviou seu melhor guerreiro, Sub-Zero, um criomancer de outro mundo, para exterminar Cole. Temendo pela segurança de sua família, Cole sai em busca de Sonya Blade por recomendação de Jax, um major das Forças Especiais que tem a mesma estranha marca de nascença na forma de dragão que Cole. Logo, ele se encontra no templo do Lorde Raiden, um Deus Ancião e protetor do reino da Terra, que acolhe aqueles que ostentam a marca. Lá, Cole treina com os experientes guerreiros Liu Kang, Kung Lao e o mercenário vigarista Kano, à medida que se prepara para enfrentar, ao lado dos maiores campeões da Terra, inimigos oriundos da Exoterra em uma arriscada batalha pelo universo. Contudo, será que ele treinará o bastante para desbloquear sua arcana — o imenso poder que existe dentro de sua alma – a tempo não só de salvar sua família, mas também de vencer a Exoterra de uma vez por todas?

Uma produção nada ambiciosa mas que soube muito bem o que entregar aos fãs. Seu primeiro ato é repleto de drama e ação que prende e agrada qualquer público, apresentando proposito, elementos clássicos e referencias. A cena de introdução de Hanzo e Bi han é bem produzida e com um cuidado belíssimo onde diversos elementos clássicos de cinema japonês se fazem presentes desde a movimentos de batalha ao texto de legenda da cena. É evidente que essa é a melhor cena de todo o longa.

Um problema que pra mim não passou despercebido foi a pressa que o filme tem de chegar aonde ele quer, tanto em desenvolver a trama quanto na “jornada do herói”. Após a cena de introdução o filme se torna completamente um trem expresso para o clímax, as informações são deixadas expostas facilmente para o espectador porem a rapidez que é entregue torna o desenvolvimento cansativo, e ao alcançar onde queria o evento deixa a desejar com atuações medianas e propósitos não claros. Outra complicação que consideraria como o “elefante na sala” é a presença de Cole Young, protagonista (se por assim dizer) do longa. Cole é notavelmente o desconforto da trama. Um personagem sem carisma, sem graça e para ser mais direto, descartável. Nada em torno de Young é interessando, nem mesmo o fato do mesmo ser descendente de Scorpion.

Diversos personagens mal aproveitados e mal desenvolvidos são compensados com muito fã-service que realmente aquecem o coração do fã. Kano carrega o alivio cômico da melhor forma, divertimento é garantido com o mesmo. Dentre os antagonistas Sub Zero é o mais ameaçador, onde a essência de vilão se faz mais presente. A falta de abertura para alguns dos antagonistas é gritante, Mileena por exemplo, uma das favoritas do público (se não a maior), não tem destaque nem mesmo em suas cenas, o que é uma pena pois a filha de Shao Khan é interessantíssima e suas cenas se resumem a batalhas que não levam a lugar nenhum.

Generalizando, toda a ‘Jornada dos heróis’ que o filme trás é boa. A ideia da forma como os poderes dos protagonistas são postos a prova para desenvolver e surgir é super divertida dando o mínimo de destaque para personagens que, por mais que tenham um tempo de tela bom, não são interessantes. Como fã, todo o universo apresentado no filme é claro, porem a produção tem varias oportunidades de ir além com tudo, mas no fim não vai a lugar nenhum. Como cinéfilo, agrada com as cenas de batalha e gore, com final satisfatório e a revanche que todos esperavam desde inicio do filme. É uma forma cautelosa de começar uma franquia que depende muito do desenvolvimento de personagem para uma grande historia.

NOTA: 5

Confira o trailer:

Obrigado a E/Z e a Warner Bros. Pictures Brasil pelo convite.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s