Divulgação

A terceira temporada da série que conta a história de Mel Monroe (Alexandra Breckenridge), Jack Sheridan (Martin Henderson), Doc (Tim Matheson), Hope (Annette O’Toole) e todos os moradores dessa cidadezinha aconchegante e cheia de mistérios está de volta à Netflix e desde sua estreia ainda não saiu dos conteúdos mais assistidos do streaming.

Nessa temporada Jack está se recuperando do tiro que levou dentro do seu estabelecimento, “Bar do Jack”, enquanto preparava algo para Mel. Jack foi operado e está no seu período de recuperação, e com a ajuda de Doc e Mel, esse processo está sendo muito bem sucedido. O que todos não imaginariam é que Jack não tem a memória sobre o que aconteceu e muito menos quem fez, só lembra que acordou no hospital, e suas memórias irão sendo recuperadas aos poucos. Em contra partida, Mel quer ser mãe. E ai, será que essa ideia é apoiada por Jack? Hope está sem manter contato e Doc está preocupado.

Essa terceira temporada, e acredito que, tenha uma próxima temporada – pelo amor da minha saúde mental, senhora flix – pela maneira que terminou o último episódio. Foi a temporada mais parada entre todas as outros, os conflitos entre os personagens só foram realmente colocados a prova nos episódios finais. A série trouxe um peso de responsabilidade para o Jack e uma carga muito dramática para aqueles que amam todos os personagens da série, com uma perda que te faz ficar triste, ou até um tanto quanto de lágrimas – quem chorou, comigo?-. Vale ressaltarmos que, esperava um pouco mais do desenrolar dos episódios, a ausência da Annete O’Toole (Hope) junto a todos do elenco foi uma perda na categoria de “ar cômico” e ácido para o desenrolar da história, essa personagem é caso de amor ou ódio, mas sem dúvidas a Hope é uma peça fundamental, e fez falta.

A cenografia dessa série, em mais uma renovação, não deixou a desejar, sempre é de tirar o fôlego e querer conhecer e apreciar ao vivo esse lugar. Outro ponto a se elogiar, é o amadurecimento do relacionamento do Jack e da Mel, o romantismo está no ar, não só com o casal principal, como, para Brady (Ben Hollingsworth) e Brie (Zibby Allen) que é a irmã de Jack e foi inserida nessa temporada com o pretexto de que chegou para ver a evolução do irmão nessa recuperação, mas será mesmo que só foi para isso?

No contexto geral, a trama entregou o que se espera. Virgin River é uma série tranquila e cheias de profundidades. Caso você ainda não tenha assistido, dê uma chance a ela, tenho certeza que se você é fã de um belo conteúdo de comédia romântica com toques de humor em cidadezinha pequena, essa série foi feita pra você! As 3 temporadas de Virgin River estão disponíveis na Netflix.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s