Divulgação

Morenna, cantora capixaba dona de voz e atitude poderosas, lança, nessa sexta, a música “Me Acabo”, produzida pelo produtor e DJ baiano Rafael Dias, o RDD, do Àttooxxá. No mesmo dia em que chega às plataformas o hit, um vídeo dirigido por Federico Devito apresenta uma cantora completa, com dança e atitude, em mais uma produção ousada e vibrante, uma aposta da Warner Music Brasil.

Seguida do single “Açaí”, no qual a artista celebrava o alimento mais brasileiro de todos, “Me Acabo” também capricha nas tintas de brasilidade. Além da sonoridade dançante com o toque do pagodão baiano de RDD, no clipe a cantora contracena com animais silvestres e veste produções tipicamente brasileiras, compondo uma explosão de cores e trazendo uma mensagem bastante contemporânea e urgente.

Assista aqui:

“O clipe fala sobre o último homem vivo, depois que o planeta se acabou e tudo virou deserto.
Perdido, no meio de uma tempestade de areia, o personagem de RDD avista um portal,
onde Morenna assume o papel de guardiã de um universo paralelo, onde o pouco que sobrou do
planeta terra é guardado”, conta Leo Belicha, stylist e que assina a direção criativa do trabalho
junto à própria cantora. Belicha, que buscou privilegiar figurinos de estilistas e designers com
essa identidade nacional, bem como texturas, estampas e tonalidades que remetem ao animal
print e à tropicalidade.

Nesse portal ou oásis, Morenna “Se Acaba” em coreografias ousadas com outras guardiãs
guerreiras da natureza. É ali que o personagem de Rafael Dias avista uma esperança.
“Morenna é uma artista com a qual eu, como artista e produtor, sempre tive vontade de trabalhar
para trazer um pop diferente, com um sotaque e ritmo diferente”
, afirma RDD. “Fazer, como a
gente diz na Bahia, uma música com “ranço” – termo que pra gente significa algo muito bom,
único e que não se explica, só se tem. Sinto que o Brasil ainda não enxergou o estado com todo
seu potencial pop, e a gente está entregando algo sexy, de pista e com uma estética muito
inovadora. Uma entrega completa.

Créditos da Imagem: Rodolfo Magalhães

A parceria com o RDD tem um tom afetivo para essa capixaba que viveu a adolescência entre o
circuito Espírito Santo e Bahia. “Eu cresci ouvindo esses precursores do axé que iria desembocar
no pagodão do Attoxxa”, grupo em que RDD é DJ e produtor. “Essa foi a primeira música que eu
gravei que não compus. Mas, quando eu ouvi o instrumental, eu senti que era minha já”
, diz a
artista. E completa: “Ela tem uma mensagem bem direto ao ponto, uma sinceridade e verdade da
mulher que toma a iniciativa somada à possibilidade de dançar até cansar, se jogar na pista”,
destaca.

Junto a uma poderosa mensagem visual, a artista proporciona a seus fãs o som perfeito para se
jogar nas pistas e celebrar um recomeço assim que o pior acabar.

Curtiram o pagodão da Bahia?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s